sexta-feira, setembro 29, 2006

Pouca vergonha

Aqui neste canto do planeta, vou-me apercebendo, aos poucos, das diferenças de mentalidades entre os povos.
Quase por acidente (repito: quase) fui parar a uma festa da Students Union (não me atrevo a chamar-lhe "associação de estudantes", porque a comparação seria ofensiva para estes gajos). A festa dava pela denominação de Skool Disco, e tinha por tema os tempos de escola e os anos noventa do século passado. Quase toda a gente se vestiu a preceito, de uniformes mais ou menos convencionais. Ora, eu sabia que muitos destes meus novos colegas de universidade frequentaram colégios onde a fardita é obrigatória, mas que os colégios femininos as vestiam de mulheres da vida, já me era totalmente desconhecido.
Pois é, meus amigos. Imaginem aquele fetiche da mini-saia/cinto e meia alta, com camisa branca amarrada por baixo do soutien, quase sem botões fechados, e gravata pendurada no meio do decote. O que eu vi naquele salão foram múltiplas variações dessa imagem recorrente do imaginário masculino. Algumas delas chegavam ao extremo de usar cinto de ligas que, como se pode imaginar, as saias-cinto nao cobriam de todo, e bota de salto agulha. Aposto que os carros paravam na estrada a perguntar, honestamente, pelo preço do serviço.
Enfim. Não posso dizer que não me senti agradado, mas há limites, até para o deboche. Mas no fundo, no fundo, quem sabe de si são elas...

quinta-feira, setembro 28, 2006

Meus amigos encontrei

Meus amigos, companheiros , palhaços prostitutas desta esquina que é a vida, encontrei, o colo do pito, sou sincero, precisei de um mapa, mas chegei la, chegar la é entar num mundo de extase e sexualidade pornografica, ou então é uma terra pequenina? deixo aqui a duvida

quarta-feira, setembro 27, 2006

Imagem mental


Apresento-vos uma boa companhia, loura e bem apessoada, de uma simpatia ímpar, que deixa sempre um restinho de renda à mostra, para felicidade de todos os que apreciam... mas... que raio!... Falhei o enquadramento. Desci demasiado a objectiva... ou será o objectivo?
P.S.: O recipiente vazio que se vê à esquerda, também foi da minha responsabilidade... Não o levantaram a tempo, os incompetentes!

domingo, setembro 24, 2006

Até que enfim!

Há já mais de uma semana que me passeio pelos pubs de Trefforest, à procura de um ou outro exagero alcoólico, só para saber com que contar. O estabelecimento mais usado pelo grupo, que entretanto se foi juntado por interesses comuns, é, sem dúvida alguma, o Otley's. Cerveja da casa e muitas outras escolhas, simpatia e desportos em ecrã gigante jogam sempre a favor. Além disso fica a um minuto da saída do campus e, portanto, a uns quatro minutos da residêncial.
Mas ontem, finalmente, vim abaixo. Bebi cinco pints no Otley's, e na hora de sair foi sugerido que fôssemos inaugurar a casa a um dos irlandeses. Lá fui ao balcão comprar quatro latas de meio litro, e ala que se faz tarde. Devo confessar-vos que fui um bocado desonesto, já que cheguei a casa do Paddy com quatro latas na mão e saí de lá com seis no bucho... Alguém ficou sem elas!
Mas o maior problema foi o sono, que há já algum tempo me persegue (o meu quarto não tem persianas, por isso a luz acorda-me sempre cedo), misturado com uma boa quantidade de cerveja. Posso dizer-vos que acordei, às seis da matina, no sofá do Paddy. Ora, como só estavamos na sala eu, o Paddy e a Sarah (americana), senti de imediato que estava a mais. Maior certeza tive quando, apesar dos apelos do irlandês das rastas para que me deixasse ficar ali, que dormisse em paz, anunciei que me ia embora. Como a americana também vive no campus, seria lógico supor que aproveitasse a boleia. 'Tá bem... Nem abriu a boca.
Mas lá vim, cambaleando e cheio de sono, pela madrugada fora à procura do campus universitário. Decerto ficarão contentes por saber que não me enganei no caminho, e que cheguei são e salvo ao cimo da colina onde se situa a residêncial.
Finalmente, uma história (ou estória, como queiram) digna de registo!...

sexta-feira, setembro 22, 2006

Experiências

Caros colegas, amigos do refresco fermentado:
Devo dizer-vos que tenho experimentado algumas cervejas por estas bandas onde o destino me largou. Umas são mais dignas de registo que outras, como devem calcular, e por isso terão ireito a destaque neste meu relatório.
Entre as galesas, experimentei a Bullmastiff... uma boa bosta. Apesar de prometer no princípio da golada, perde todo o seu sabor e fica só a água... Há por aqui uma casa que faz a sua própria mistela, a Otley's. Não é má, mas também não me conquistou.
Das que me conquistaram, ofereço-vos a Carling (generalizada por todo o Reino Unido), agradável no palato apesar de leve; e a minha favorita até agora, a Brains. Divina! Cerveja espessa e muito saborosa, com a quantidade certa de álcool. E é da terra, Cymru.

quinta-feira, setembro 21, 2006

We want news!

Gonçalinho conta coisas, tamos sequiosos de notícias! Fala-nos do teus novos companheiros(as) de luta!
Abração

domingo, setembro 17, 2006

Provei, pronto...!

Fui hoje ao meu primeiro pub galês. A relatar só mesmo o tamanho das locais, especialmente na horizontal. São, na sua grande maioria, gordas. Não há que fazer rodeios.
Mas a verdadeira razão deste post que agora escrevo, é relatar-vos a minha expriência verdadeiramente nova. Depois de beber duas pints de Guinness, e uma half-pint de Carling, e porque, afinal, ainda podia lá ficar mais um bocado, resolvi experimentar uma cerveja que lá vendiam, de que nunca ouvira falar, Bass de sua graça. Pedi uma half-pint e fiquei a ver o rapaz servi-la. Exigia um ritual de tiragem semelhante ao da Guinness, apesar de clara, e fazia o mesmo tipo de espuma. Mas a minha verdadeira surpresa veio quando o copo chegou à minha mão: estava à temperatura ambiente!
Provei a minha primeira cerveja tépida, e não foi assim tão mau. Porém, continuo a preferir a "jola" com um pouco menos de temperatura.

sábado, setembro 16, 2006

Amigo, que não te falte nada!

A pensar na rápida adaptação do nosso amigo insular numa ilha um bocadinho maior lembrei-me de deixar-lhe aquí umas referencias que lhe podem ser úteis!

Cwmbran


Abv: 4.8%%
Type: Porter
Bottle size: 500ml
Website: www.cwmbranbrewery.co.uk
Country: Wales
Brewery : Cwmbran Brewery
Price:
Reviewed in: Beers of the World Issue 5

Tasted by Jeff Evans in issue 5.
Nose : Biscuity, grainy malt, some plain chocolate and a vague light fruitiness.
Palate : Slightly sour plum fruitiness leads over biscuity, coffeeish dark malts.
Finish : Sour/tart plums linger but biscuity, chocolaty flavours come through to dominate. Drying all the time.
Comments : An interesting, reasonably successful marriage of fruit and dark malts from a Welsh microbrewery.
Score : 7.5






ainda a :

Double Dragon Ale


Abv: 4.2%
Type: Bitter
Country: Wales
Brewery : Felinfoel Brewery









Espero ser informação útil! ;)

Grande abraço, muita sorte e felicidade!

terça-feira, setembro 12, 2006

Jantarada

Pra quem não sabe o nosso comparça gonçalinho vai rumar para terras de sua majestade, e realiza-se hoje uma jantarada daquelas pra partir tudo! Até cabeças vão rolar! (pelo menos de manhã com a ressaca)

Tá a acordar pessoal!

Pessoal toca a acordar! Não podemos deixar que este blog morra! Toca a contar histórinhas, ou pelos menos vão dando notícias de onde andam, que têm feito.
Vá não me quero chatear!